Header image  

No Dia mais Claro, Na Noite Mais Densa, O Mal Sucumbirá Ante A Minha Presença

Todo O Que Venera O Mal Há De Penar, Quando O Poder Do Lanterna Verde Enfrentar!

 
line decor
    ::  
line decor
   
 
INIMIGOS RELACIONADOS

 
  DOUTOR UBIX

IDENTIDADE E HABITAÇÃO: Natural do planeta H'lven anterior à reformulação de Crise nas Infinitas Terras, no setor 1014

PODERES: Através do Bastão Místico, consegue informação sobre o que desejar, coloca seus alvos em animação suspensa, teleporta-se, mantém a energia de seu corpo coesa, mas os poderes só funcionam e se mantém através de sua concentração mental sem distrações.
ÚLTIMO DESTINO: Após a resolução do conflito entre humanos e Bryks, no séc. 58 e a decisão de que estes ganhassem para si um planeta habitável que fosse só seu, Ubix resolvera permanecer com os membros evoluídos de suas experiências, não mais retornando ao presente.
CONFRONTOS: EM CONSTRUÇÃO
HISTÓRIA: Tido como conquistador e tirano, Ubix conseguiu conquistar metade da galáxia onde se situava seu planeta. Dentre suas vitórias, consegue executar o Lanterna Verde daquele setor. A seguir, decidiu prosseguir com a campanha, conquistando seu próprio planeta. Com sua armada de guerreiros- caranguejos,  conseguiu a conquista com relativa facilidade. Chyp, um dos soldados defensores do planeta, fora condenado à pena- de- morte na fogueira e trancafiado numa solitária até a data da execução chegar. Dentro da cela, É convertido num Lanterna Verde sob uma visita holográfica de um Guardião do Universo, convocando-o a assumir o posto do Lanterna falecido. Chyp destrói sua cela e avança imediatamente para deter Ubix, que consegue escapar. Seu controle sobre o planeta-natal é desmantelado pelo Lanterna Verde, mas ele enfrentaria diversas outras vezes o Lanterna Hlvenita, a fim de testar suas habilidades com o anel. Após inúmeras derrotas, isolou-se na Ilha dos Castores a fim de desenvolver uma arma à altura do anel energético. Deixou de prontidão diversos pelotões com grande aparato a fim de protegê-lo, para que não fosse capturado antes do fim das pesquisas. Passou longo período dedicando-se à pesquisa. Quando todos os recursos da ciência se esgotaram, lançou mão da magia. Finalmente, conseguira criar o "bastão místico". Com ele, conseguira todas as informações sobre a Tropa dos Lanternas Verdes e sobre a deflagração da Crise nas Infinitas Terras. Sua arma o preservara da recriação da Crise sob a forma  de um aglomerado energético, enquanto todo seu setor era apagado e recriado.

Seguindo ocultamente Chyp até a Terra, procurou algum humano com quem se comunicar e encontrou Dr. Polaris. Para atrair sua atenção, Ubix criou uma forma terrestre e autodenominou-se Polestar. Sem poder ainda falar, "Polestar" escreveu toda sua história a Polaris e uniu-se com ele na formação de uma quadrilha com o objetivo comum de destruir os Lanternas Verdes. Não podendo manter esta forma por muito tempo, assumiu a forma de "Vagão", com a qual ferira John Stewart e depois a forma feminina de Malignon, com  a qual causara um terrível ferimento por ácido no braço de Stewart, curado por Kilowog. Com seu bastão, coloca todos os Lanternas em animação suspensa  e comemora  a vitória com os vilões. Polaris desentende-se com ele e também é colocado em estase. Ao revelar seu desejo de conquistar não só o novo planeta H'lven, mas também a nova Terra, Sonar rebela-se, não aceitando ter sua nação conquistada pelo vilão alienígena, e também é derrotado em estase.

Analisando todos em estase, encontra Chyp falando em sonhos e começa a divagar, lamentando-se sobre ser o único sobrevivente de sua espécie, se Chyp morrer. Com isto ele perde sua concentração e todos acordam do estase. O vilão escapa e Chyp o persegue. Seus poderes começam a dissipar-se e seu corpo começa a perder a coesão física, desfazendo-se em energia. Chyp consegue resgatá-lo com seu anel à tempo e o mantém coeso com a energia esmeralda.

O ex-vilão fica sob a custódia da Tropa dos Lanternas da Terra e resolve viver entre os grandes roedores da África, a fim de fazer pesquisas entre eles, em vias de desenvolver a evolução da espécie terrestre. No transcorrer de suas pesquisas no Quênia, auxiliou com seu bastão místico a Chyp numa missão de resgate de Sallak no séc. 58, lá encontrando os Bryks, espécie de roedores evoluídos desde as experiências de Ubix no séc. 20.