Header image  

No Dia mais Claro, Na Noite Mais Densa, O Mal Sucumbirá Ante A Minha Presença

Todo O Que Venera O Mal Há De Penar, Quando O Poder Do Lanterna Verde Enfrentar!

 
line decor
    ::  
line decor
   
 
INIMIGOS RELACIONADOS

 
   
ANEL ENERGÉTICO


1º) IDENTIDADE E HABITAÇÃO: Identidade secreta desconhecida. Natural dos Estados Unidos da Terra-3, no universo pré-Crise nas Infinitas Terras. Compunha o Sindicato do Crime da América. Criado por Gardner Fox com visual de Mike Sekowsky.

PODERES: Capacidade de criar construtos energéticos sólidos, campo de força, rajadas energéticas, capacidade de vôo com seu anel, que era recarregado com sua bateria mística a cada 24 horas. Caso ele não fosse recarregado, a bateria mistica começaria a vazar energia, que convertia todos os seres vivos próximos em monstros, inclusive o próprio usuário.

ÚLTIMO DESTINO: Desintegrado pela energia cronal de antimatéria durante a Crise nas Infinitas Terras, que também apagou da existência a realidade multiversal da Terra-3 original.

CONFRONTOS: Compondo o Sindicato do Crime da América, enfrentou a Liga da Justiça, com a presença de Hal Jordan na equipe. 4 registros principais:

JUSTICE LEAGUE OF AMERICA 29, 30 (1964), compondo o SCA.

SECRET SOCIETY OF SUPER-VILLAINS 13, 14 (1978), junto com Johnny Quick e Supermulher.

ALL-STAR SQUADRON 14, 15; JUSTICE LEAGUE OF AMERICA 207, 209 (1982), compondo o SCA.

CRISIS ON INFINITE EARTHS 1 (1985), compondo o SCA. Apresenta a causa deles terem sido apagados da realidade.

FATOS RELEVANTES: No passado, um homem de identidade desconhecida que buscava encontrar o poder místico, conseguiu encontrar o monge budista louco chamado VOLTHOOM, que lhe concedeu um anel de poder e sua bateria em forma de lanterna. Esse homem decidiu utilizar esses poderes recém adquiridos pra dedicar-se ao crime, e denominou-se Anel Energético. Algum tempo depois, ele se aliou a outros vilões meta-humanos e juntos organizaram o Sindicato do Crime da América. Em suas aventuras subsequentes, a super-quadrilha enfrentou duas equipes de heróis de outras dimensões: A Liga da Justiça da Terra-Ativa e a Sociedade da Justiça da Terra-Paralela. Foram derrotados e aprisionados em uma bolha energética extradimensional criada pelo anel de Hal Jordan. Alí permaneceram, até que por acidente, Anel Energético, Johnny Quick e Supermulher foram libertados acidentalmente pela passagem extradimensional do Capitão Cometa e a Sociedade Secreta dos Supervilões. Nessa ocasião, descobriu-se que a bateria do Anel Energético estava descontrolada, transbordando energia sem ser usada e em decorr~encia disso, transformava qualquer ser vivo em suas proximidades em seres monstruosos. De algum modo não revelado, o vilão conseguiu estabilizá-la e esse efeito não mais ocorreria novamente. Após enfrentarem Capitão Cometa, os 3 foram novamente aprisionados. Em outra ocasião subsequente, toda a quadrilha fora libertada de sua bolha-prisão quando Per-Degaton, Ultra-Humanóide e outros viajantes cronais componentes da Sociedade Secreta de Supervilões vieram à Terra-3. O SCA enfrentou Alexander Luthor da Terra-3 e outros heróis, sendo derrotados por eles. Iríamos encontrá-lo momentos depois, quando a onda cronal de antimatéria do Antimonitor atingiu a Terra-3. a super-quadrilha aliou-se a Alex Luthor para tentar salvarem seu planeta, mas o Anel Energético foi engolido pelo avanço da anti-energia, bem como toda a sua realidade. Somente Luthor conseguiu escapar.

 

2º) Com a realidade remodelada após a Crise nas Infinitas Terras, o 1º Sindicato do Crime do passado passou a ser composto por qwardianos Trovejantes, inclusive o Anel Energético, que teve seu uniforme alterado para o que aparece na imagem ao lado, sendo apresentado na tela de TV por Hal Jordan a Oberon em 1992, portanto na realidade pós CIT e anterior à 2ª reformulação resultante da Crise Infinita. Criado por Mark Waid com visual de Rod Whigham.

 

3º) IDENTIDADE E HABITAÇÃO: Identidade secreta desconhecida. Natural dos Estados Unidos no universo de antimatéria da realidade pós-Crise nas Infinitas Terras. Compunha o Sindicato do Crime da Amérika. Criado por Grant Morrison com visual de Frank Quitely.

PODERES: Capacidade de criar construtos energéticos sólidos, campo de força, rajadas energéticas, capacidade de vôo com seu anel, que era recarregado com sua bateria mística a cada 24 horas.

ÚLTIMO DESTINO: Apagado da realidade do Universo de Antimatéria como consequência das ações de Krona em LJA/Vingadores.

CONFRONTOS: JLA: EARTH 2 (2000), compondo o SCA, enfrentando a Liga da Justiça, com a presença de Kyle Rayner na equipe.

JLA/AVENGERS 1 (2003)/ JLA 108 (2005), compondo o SCA. Apresenta a causa dele ter sido apagado da realidade.

FATOS RELEVANTES: No universo de antimatéria (o mesmo de Qward, a contraparte de Oa) na Terra Negativa, um antigo monge tibetano louco, Volthoom tornou-se uma entidade mística habitando um anel de poder que escravizava seu usuário a só se desvencilhar dele com a sua morte. Através do anel ele se comunicava com o usuário. Este foi o 2º usuário identificado do anel de Volthoom, e era a contraparte negativa de Kyle Rayner. Era membro coadjuvante do Sindicato do Crime da Amérika. Sua 1ª missão mencionada na quadrilha foi em 2000, na realidade pré-Novos-52, quando o SCA consegue escapar de sua prisão na Lua, pelas mãos da Liga da Justiça com Kyle Rayner na equipe enquanto eles estavam na Terra de antimatéria, e invadem a Terra- Ativa, a fim de conquistá-la. A quadrilha só decide retornar a sua Terra por decisão do Coruja, após descobrir que Thomas Wayne da Terra-Ativa encontrava-se morto. Incapaz de exercer vingança sobre ele, Coruja perde o interesse pela Terra-Ativa e convence todo o grupo a partir de volta a sua realidade negativa. O Sindicato reaparece em outra aventura, onde ocorre o encontro de dois universos, o Marvel e o DC. Anel Energético descobre a existência de Qward e leva o SCA até lá pra conquistarem e conseguirem riquezas, aterrorizando os Trovejantes. Em pleno assalto, surge no espaço Krona, o guardião renegado, que manipulando a energia cronal, destrói Qward com toda a realidade negativa de seu universo, inclusive os membros do SCA. Mas na realidade, em seguida é tudo reconstruido, porém com algumas diferenças. Na nova realidade, o SCA segue para atacar Qward, mas com outro Anel Energético. Este usuário aqui foi apagado da realidade.

 

4º) IDENTIDADE E HABITAÇÃO: Identidade secreta desconhecida. Natural dos Estados Unidos no universo de antimatéria da realidade pós-Crise nas Infinitas Terras a partir da reescrita da linha cronológia como consequência das ações de Krona. Compunha o Sindicato do Crime da Amérika. Criado por Kurt Busiek com visual de Ron Garney.

PODERES: Os mesmos de seu antecessor apagado da realidade.

ÚLTIMO DESTINO: Aprisionado pela Liga da Justiça em sua própria Terra de Antimatéria. Na reformulação da Crise Infinita, ele foi desconsiderado e Joseph Harrolds apresentado como o 1º usuário do anel de Volthoom.

CONFRONTOS: JLA/AVENGERS 1 (2003)/ JLA 108 (2005), compondo o SCA. Apresenta seu surgimento como consequência das alterações cronais de Krona na realidade do universo de Antimatéria.

JLA 109 a 114 (2005), compondo o SCA, enfrentando a Liga da Justiça, com a presença de John Stewart na equipe.

TRINITY 9 a 14 (2008), compondo o SCA.

FATOS RELEVANTES: Surgiu como resultado das alterações cronais no tempo e no espaço cometidas por Krona. Já surge com memória de passado e origem construída: o usuário anterior do anel, chamado Joseph Harrolds, com a desculpa mentirosa de que o anel não mais o obedecia, escolhe um ex-marine escravo pra ser o próximo usuário do anel. Na realidade, Harrolds pretendia escapar da influência de Volthoom em sua mente e libertar-se da escravidão do anel. O usuário torna-se na verdade a manifestação física da vontade de Volthoom. No 1º confronto com a Liga, eles descobrem que inexiste a regra que os impedia de ter êxito na realidade positiva. São obrigados a pedir a ajuda da Liga contra a ameaça dos qwardianos e com isso, ficam em débito com um favor com seus inimigos, pelo banco de favores. Em decorrencia desses ataques, a Terra de Antimatéria ficou em caos e uma grande obra de reconstrução era necessária. Os membros do Sindicato coordenaram o sequestro de inúmeras pessoas de diversas Terras do multiverso sob a falsa justificativa de servir de mão-de-obra escrava pra reconstruir o planeta, a fim de atrair a Liga da Justiça para a realidade deles. Uma vez lá, a LJA, com heróis auxiliares, é compelida a cuidar dos feridos. O SCA esperava que eles fossem até a sua base em órbita pra lhes oferecer o cancelamento da cobrança do favor, em troca da libertação de todas as pessoas da Terra-Ativa. Esperavam que eles recusassem, pra poder enfrentá-los e derrotá-los. Na batalha, os membros do SCA são derrotados; Ultraman, Coruja e Supermulher são submetidos por Superman à armadilha que eles mesmos prepararam pra LJA e foram teleportados pra Zona Neutra interdimensional. Johnny Quick e Anel Energético foram aprisionados. Com isso, toda a Terra de antimatéria entra em anarquia, sem a presença do SCA para manter os conquistadores longe. Esta foi a sua última aparição. Por motivos não explicados em nenhuma história, ele foi substituído tempos depois por seu antecessor, Joseph Harrolds.

 

5º) IDENTIDADE E HABITAÇÃO: Joseph Harrolds. Na realidade alterada por Krona, foi o 1º escolhido pelo anel de Vonthoom pra ser o Anel Energético. Compunha o SCA. Na nova realidade pós- Crise Infinita, ele foi reaproveitado como o 1º usuário do anel. Criado por Kurt Busiek, reaproveitado por James Robinson com visual de Mark Bagley.

PODERES: Capacidade de criar construtos energéticos sólidos, campo de força, rajadas energéticas, capacidade de vôo com seu anel, que era recarregado com sua bateria mística a cada 24 horas.

ÚLTIMO DESTINO: Executado por Ômega. O anel de Volthoom seguiu de volta à sua dimensão em busca do próximo usuário.

CONFRONTOS:JUSTICE LEAGUE OF AMERICA 50 a 53 (2010), compondo o SCA.

FATOS RELEVANTES: Joseph Harrolds foi o 1º usuário do anel de Volthoom, na Terra-3, onde tudo é a contraparte negativa da Terra-Ativa e compunha o Sindicato do Crime da Amérika. Luthor da Terra-3 criou um dispositivo apocaliptico programado pra ativar-se quando ele morresse,causando a erradicação da vida em sua terra. Sua ativação não ocorreu quando ele foi morto, fora retardada, mas enfim ocorreu. 25 % da vida na Terra-3 foi erradicada, até o SCA conseguir achar uma solução paliativa pro problema (pois a disseminação cancerígena continuou espalhando-se lentamente), enviando a energia negra para as terras de outras realidades multiversais. Após erradicarem completamente a vida na Terra-9, partiram pra Terra-Ativa. O plano do Coruja era aliar-se com Dr. Impossível de Apokolips e seus aliados, e utilizarem o dispositivo de Luthor conhecido como "Máquina da Ressurreição" usando o cadáver dele como foco energético, pra ressuscitar Luthor e teleportá-los de volta no tempo a fim de impedirem Luthor de construir o dispositivo erradicador. Como a máquina da ressurreição confiscada ficava nos laboratórios da base da LJA, eles precisariam atacar os membros da equipe e ganhar tempo, pra que Coruja se afastasse e prosseguisse com seu plano. Contudo o vilão de Apokolips os traiu minutos antes de ligar o dispositivo, retirando o cadáver de Luthor e um de seus aliados, Caçador, tomando o lugar, a fim de utilizar-se como foco energético para tentar trazer de volta à vida Darkseid. Mas também não foi isso que ocorreu: A energia negra mesclou-se com o Caçador e tomou consciência própria, denominando-se Ômega. Seu objetivo era alimentar-se de toda a vida existente na Terra. O SCA enfrenta alguns membros da LJA e dentre eles, o Anel Energético é derrotado por Jade, tendo toda a energia de seu anel sugada pelo poder do Coração Estelar dela. Em seguida, Coruja planeja aliar-se a Ômega, mas engana a LJA propondo uma trégua entre eles a fim de enfrentá-lo. Quando ele surge de surpresa, já executa o Anel Energético antes dele obter de volta o poder de seu anel tomado por Jade. Coruja leva adianta seu plano de enganar a Liga até conseguir com a ajuda deles o conserto da máquina da ressurreição. A partir daí revela-se como traidor da trégua e que após enfrentarem Ômega, decidiram aliarem-se a ele e com isso ganhariam pra si a Terra-Ativa. Porém eles também foram enganados por Batman (Dick Grayson), pois quando a máquina consertada foi ligada por Coruja e começou a abrir um portal pro Multiverso, Ômega entrou por ele a fim de alimentar-se dos demais mundos, deixando a Terra-Ativa pro SCA. Mas o que eles não sabíam é que ela foi reprogramada pelos conhecimentos de Luthor da Terra-3, ressuscitado pelos poderes da Lanterna Verde da Terra-9. A radiação maligna de Ômega seria transformada em benigna e iria curar todas as terras infectadas por ele, inclusive a de antimatéria. Os membros do SCA foram empurrados de surpresa pelos membros da LJA pra dentro do portal e teleportados de volta à sua terra restaurada. O anel de volthoom os acompanhou, em busca de um novo usuário.

 

5) http://dcuguide.com/w/Power_Ring_(Earth-3_-_52_Multiverse)_Chronology 2007

http://dc.wikia.com/wiki/Power_Ring_(Earth-3)2007

http://dc.wikia.com/wiki/Crime_Society_(Earth-3)

 

7) http://dc.wikia.com/wiki/Abin_Sur_(Earth_3) 2014

8) http://dc.wikia.com/wiki/Harold_Jordan_(Earth_3)

9) http://dc.wikia.com/wiki/Jessica_Cruz_(Prime_Earth)

10) http://dc.wikia.com/wiki/Solomon_Baz_(Earth_3)